Projeto Florestar deve plantar 100 mil mudas às margens do Rio Paraguai em Cáceres

As mudas serão plantadas duas vezes na semana por estudantes de escolas de Cáceres (MT). A iniciativa será realizada até dezembro deste ano.

Até agora já foram produzidas cerca de 30 mil mudas das espécies nativas de murici, jatobá, jenipapo, pitomba, jacarandá, cumbaru e ipês branco, rosa, amarelo e roxo.

O projeto é uma parceria entre o Programa de Recuperação e Educação Ambiental do Instituto Cometa, Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e a Secretaria de Meio Ambiente (Sema).
Biólogos, engenheiros florestais e técnicos da Empaer e as comunidades locais fazem a coleta, doação de sementes, produção das mudas, substrato de crescimento e o cuidado.

O Instituto Cometa fornece saquinhos para plantio, realiza o transplante das mudas, enchimento dos sacos com substrato e a formação das mudas. Cerca de 60 crianças e adolescentes com idades entre 10 e 18 anos, de diversas escolas do município realizam a parte prática do reflorestamento.
Os estudantes plantam as mudas duas vezes por semana.


Outras Notícias
Conheça nossos parceiros